quarta-feira, 20 de abril de 2011

MUTILATOR - Belo Horizonte/MG


Saudações Caros amigos, 
Este post é uma simples Homenagem da minha parte a esta grande banda mineira e ao grande Amigo Ricardo Neves (Baixista Fundador da banda), que cedeu o texto abaixo e as fotos. Espero que gostem!


Em meados dos anos 80 Belo Horizonte foi invadida por uma avalanche cultural underground, onde um grupo de jovens crescia ouvindo o que existia de melhor no heavy metal mundial.
Nessa epoca várias bandas surgiram no cenário de Belo Horizonte conquistando rapidamente o mercado underground do Brasil, Estados Unidos e Europa.
Bandas como Sepultura, Overdose, Chakal, Sarcofago, Kamikaze ganhavam a cada dia a cada show o seu espaço na mídia e dentre essas bandas o Mutilator teve enorme destaque no cenário metal nacional e internacional.


O Mutilator foi fundado no início dos anos 80 pelos irmaos Rodrigo Neves Costa (baterista) e Ricardo Neves Costa (baixo) rapidamente se juntaram aos dois irmaos os amigos Kleber (Guitarra) e Alexandre  Magoo ( guitarra in memorian). Nesse período começou a busca por um vocalista que se encaixa-se no som agressivo e rápido do Mutilator, vários vocalistas passaram por testes, mas o escolhido foi Silvio SDN que se encaixou perfeitamente com a proposta da banda. Nesse periodo o Mutilator dividia seus ensaios com o Sepultura na casa do baixista Paulo Junior, e nesse período vários shows começaram a aparecer em Minas Gerais e principalmente no estado de Sao Paulo. Não demorou muito para aparecer o interesse de uma gravadora no caso a Cogumelo Records pioneira no mercado Heavy Metal no Brasil.

Release - 1987

O Mutilator entrou no estudio para gravar seu primeiro disco o entaõ Warfare Noise uma coletânea histórica que contava também com a participação das Bandas Chakal, Holocausto e Sarcofago.
O Reconhecimento veio de forma avasalarora para as quatro bandas que tocaram muito por todo o Brasil. Rapidamente e Cogumelo Records teve o desejo de gravar de forma individual as quatro bandas, foi quando o Mutilator gravou o histórico e respeitado Imortal Force já sem a presença de Silvio SDN nos vocais, e Kleber na função de guitarra base e vocais.


Com Immortal Force a banda viajou todo o Brasil, ganhando a cada show um publico muito fiel e ficou muito bem tocada nas rádios especializadas em Heavy metal nos Estados Unidos e na Europa.
Apos um longo período de shows e viagens o Baixista Ricardo deixou a banda com problemas de saúde (insuficiência Renal) e o baterista Rodrigo tomou a mesma decisão.
A banda gravou mais um disco com uma nova formação, mas não durou muito tempo e o Mutilator encerrou suas atividades de forma muito prematura.
Após 26 anos de seu lançamento oficial Immortal Force ainda é um dos discos mais influentes e respeitado da história do Heavy Metal no Brasil.

Long live the loud.

 
Mutilator em Presidente Prudente / SP 












DISCOGRAFIA

Grave Desecreation (Demo) (1985)


Immortal Force (1987)
Line-up:
Alexandre Magu : Lead Guitars
Kleber : Rhythm guitars, vocals
Ricardo N. : Bass
Rodrigo N. : Drums




Into The Strange (1988)
Line-up:
CM (guitars/backing vocals) (ex-Cova, MX)
Kleber (bass/backing vocals)
Magoo (guitars/vocals) (R.I.P.)
Armando (drums) (ex-Holocausto, ex-Sarcofago) 

2 comentários:

  1. Muito boa banda do Metal de MG. Tenho o Immortal Force ate hj e lembro ainda da propaganda de lançamento do Into the Strange na radio 92FM no programa Metal Massacre. Como era bom ir nos shows no DCE com os melhores de MG. Melhor época do Metal do Brasul.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa banda do Metal de MG. Tenho o Immortal Force ate hj e lembro ainda da propaganda de lançamento do Into the Strange na radio 92FM no programa Metal Massacre. Como era bom ir nos shows no DCE com os melhores de MG. Melhor época do Metal do Brasul.

    ResponderExcluir